Sobre voar…

Sobre voar…

Normal nós termos sonhos, pelo menos deveria ser, e ainda mais normal que esses sonhos estejam em um lugar ACIMA de você, um lugar ainda inacessível, pra que, dessa forma, você possa construi-lo dentro de si.

Você se prepara, projeta, arquiteta, sonha mais, luta, até que finalmente, você acredita que pode realiza-lo

São dias de construção, dias de se fortalecer.

As vezes você pensa em desistir, as vezes as pessoas querem que você desista, mas você continua acreditando, você continua planejando sua forma de voar e alcançar seu sonho, conferindo suas asas, pensando na estratégia desse vôo que CERTAMENTE vai te levar a sua conquista.

Finalmente você programa a data da sua alçada, TUDO PRONTO!

Vc se alinha na pista de decolagem, corre, corre muito! Tudo parece resistir aos seus objetivos mas você luta veemente contra essa resistência e se mantem correndo.

Voar se torna quase que impossível e quando você esta quase desistindo finalmente seus pés deixam de encontrar o solo!

Estranho não ter um chão!

Mas você quis voar, você precisava voar, tem um sonho lembra?!

Quando tudo parece perfeito, vc percebe que tem que bater asas pra se manter no ar do contrário você irá cair, se machucar e, de onde não haviam mais forças, você começa a bater suas asas em um esforço descomunal!

Sente dores, sente cansaço, sente que nunca vai acabar… mas quando você acha que está vencendo vem as nuvens, ah as nuvens, elas te cegam! Pra onde voar, que direção seguir?

As nuvens frias quase congelam suas asas, uma dor insuportável que queima, arde, como navalhas cortando sua carne.

Dúvidas, incertezas, medos, inseguranças povoam seus PENSAMENTOS mas dentro de vc o SENTIMENTO que você não deve desistir é maior!

Vc continua, sem direção sem rumo, mas batendo suas asas já muito machucadas. Penas caíram, seus músculos quase não respondem mais, e você insiste, ofegante e cansado.

Quando tudo parece não fazer mais sentido, você vê um raio de Sol! SIM, seus sonhos estão lá!

Você arruma forças de onde não tem! Você enfrenta toda a dor e a fadiga PELO SEU SONHO, ele é só seu!

Pessoas ainda duvidam da sua capacidade, mas aí dentro, isso pouco importa! Vc já viu o seu raio de Sol! Você sabe que ele existe e que ele é só seu! Poucas nuvens ainda te impedem de olhar o sol plenamente, mas você sabe que ele está lá!

Você chora!, sente o Sol, vê o Sol. Aquele Sol que durante muito tempo só você acreditou.

Você se lembra que precisa continuar batendo suas asas, mas percebe que elas não doem mais, a dor se transformou em prazer!

O sonho, aquele sonho que você planejou, acreditou, duvidou, voltou a acreditar, teve medo, ele existe!

Curta seu Sol, curta seu sonho!

Você mereceu cara!

Você, e só você nunca duvidou dele!

Mas nunca, NUNCA DEIXE DE BATER AS ASAS!

SONHOS MAIORES VIRÃO!

Compartilhe:

Comentários